Último dia dos pais de Terezinha Pinheiro.





Sátiro Francisco Moreira



Do alto de onde moro vejo serras lindas.
Nuvens distantes, afora visão da cidade.
O seu verde marcante a concentrar nuvens e céus além da visão do centro da urbe.
Ora de cinza abraçando-se terra e céus.
Da paisagem parcial leste da Borborema
Vejo o céu sobre minhas saudades.
Nesta manhã, dia dos pais, da varanda de onde moro.
Vejo o grande Pai Criador.
Aqui estou eu olhando os céus, as serras.
Agradeço a ele por mais um dia.
Olhando você papai você vivo na minha lembrança.
Lembro-me daquela atmosfera de céu
 Aqui da terra que era nossa casa, nossa família...
Homem alto, corpo proporcional, longos ombros, sem barriga.
Cabelos finos. Lisos claros, penteados para trás.
Homem simples, manso, rosto risonho, rosado, feliz!
Vestia para sair roupas bem passadas de linho e de algodão, bege, caque.
Mangas compridas de punho dobradas em duas vezes fazendo os gostos de minha mãe...
Em casa, de mangas curtas realçava braços fortes, mais bonitos.
Vejo meu Pai da terra meu gerador.
Na sua eternidade, eternizado em mim.
Agradeço aos três os dons da minha vida terrena.
Obrigada Deus pela vida!
Das origens que ficaram em mim junto aos de minha mãe, apesar de baixinha.
Aqui rezo e adoro.
O grande Jesus filho de Deus Pai criador.
Olhando o meu Pai, no céu do meu ser.
A dimensão do Cosmo.
A beleza deste universo sem fim.
Olhando o firmamento longe, desta via
Contemplando o céu além-cidade!
Encontro galáxias das minhas saudades...
Numa manhã de agosto.
Olhando bem longe a vida
E da minha mocidade.
Vi minha sensibilidade
Transformada em verso.
Hoje dia dos pais. Olho para você Papai!
Revejo a grandeza de Deus e de sua generosidade...
Olho os céus da minha vida, de meu Pai da terra, olho você.
Vejo sua imortalidade.
Como Pai e criador deste universo.
A dimensão deste cosmo e sua beleza sem fim.
Obrigada meu Deus por ótimo dia!
Os gens deixados em mim.
Caracteres físicos e psíquicos.
Uma compleição harmoniosa junto com os de minha mãe.
Obrigada meus pais pela Vida!
Por sua vida perpetuada.
Nos, irmãos José, Conceição.
Em seus netos Marcos, Claudia,
 Marcelo, Natália e Maria Tereza.
Em seus bisnetos  Rafael, João Eduardo, (Rafael e João Marcelo não tinha nascido ainda).
David e João Marcelo.
Obrigada meu Deus por toda minha vida.
Olhando você Papai, no céu de minhas lembranças.
Um homem simples, manso e risonho com as pessoas:
Sátiro Francisco Moreira.
Alto, largo, olhos castanhos e de claro, feições rosadas.
Era um pai bondoso!
Um esposo fiel e feliz!
Olhando o meu Pai vivo no céu das minhas lembranças.
Olho os céus da minha vida...
Olhando o meu Pai no céu do meu ser...
A dimensão do cosmo e a beleza deste universo sem fim.
O perfume daquele cravo que era você papai e os gens do teu amor se perpetuaram em mim, te amo!

Terezinha Pinheiro Moreira
Dia dos pais- 2012.